Assistência Social

O compromisso com a causa social e a dedicação a trabalhos que visam a garantir a cidadania e a qualidade de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social sempre acompanhou as Irmãs da Divina Providência, desde que iniciaram suas atividades na Província do Coração de Jesus, também quando a partir de 1911, a administração dessas obras foi exercida pela Sociedade Divina Providência. As religiosas realizavam atendimento social em lares de crianças, abrigo de idosos, orfanatos e em todos os lugares onde a desigualdade fosse gritante e necessitasse de atenção às pessoas, social e economicamente menos favorecidas. Hoje as atividades sociais da Instituição são desenvolvidas por meio de projetos sociais em nossas Unidades educativas.

 

Para a Organização das Nações Unidas (ONU) – “Voluntário é o jovem ou o adulto que, devido ao seu interesse pessoal e ao seu espírito cívico, dedica parte de seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades, organizadas ou não, de bem-estar social ou outros campos”. Para o Programa Voluntários, do Conselho Comunidade Solidária, “O voluntário é o cidadão que, motivado pelos valores de participação e solidariedade, doa seu tempo, trabalho e talento, de maneira espontânea e não remunerada, para causas de interesse social e comunitário”.
Voluntários da SDP – Independentemente das palavras que os definam, todos são unânimes em admitir que o VOLUNTÁRIO é aquele que doa um pouco do seu tempo, dos seus talentos e dons com o único objetivo de se fazer útil a quem precisa. São essas GRANDES PESSOAS, movidas por essa GRANDIOSA missão de ajudar ao outro, que hoje compõem o Grupo Mãos de Fadas.

Voluntárias do Grupo Mão de Fadas - CSJ

As voluntárias do Grupo Mãos de Fadas são mães e avós de alunos do Colégio São José que trabalham em benefício de pessoas de baixa renda e de Entidades Beneficentes da Cidade de Tubarão e Região. Essas voluntárias reúnem-se semanalmente e confeccionam peças de lã em crochê e tricô, fraldas e mantas para serem doadas a quem delas necessitar.